O Centro de Memória da Ilha dos Frades foi criado para revelar, registrar e divulgar a importância da Ilha como patrimônio natural e cultural do Brasil e da Bahia.

A Ilha dos Frades guarda em si mesma os marcos da sua trajetória desde a base cultural indígena até os dias atuais.

Com a chegada dos portugueses, no começo do século dezesseis, tem início o processo de colonização que incorpora à base indígena os valores e os fazeres da cultura ocidental de feição luso-romana e da cultura africana trazida pelos negros escravos. O encontro desses povos tão antigos foi o fator principal na construção do Brasil, em qualquer lugar do nosso território em que tenha acontecido como aqui na Ilha dos Frades.

O Centro de Memória objetiva a salvaguarda do seu patrimônio, construído a partir desse encontro, como também servir de espaço para uma reflexão acerca do mesmo. O acervo material e imaterial existente na Ilha dos Frades é a base para o desenvolvimento de ações que busquem a valorização e disseminação da sua cultura, apoiando projetos de pesquisa e outras iniciativas culturais que façam da ilha o seu objeto de estudo.

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA VISITA AO CENTRO DE MEMÓRIA ILHA DOS FRADES

  1. As visitas devem ser agendadas previamente com o preenchimento do formulário abaixo.
  2. Temos tolerância de 15 minutos para atrasos.
  3. Crianças menores de 10 anos devem estar acompanhadas pelos pais e/ou responsáveis.
  4. Não é permitido beber e/ou comer dentro do Centro de Memória.
  5. Não é permitido entrar com animais no Centro de Memória, exceto cão guia.
  6. Não é permitido fumar dentro do Centro de Memória.
  7. Não é permitido a entrada com roupas de banho;
  8. Não é permitido fotografar com flash.

Agende sua visita preenchendo o cadastro que segue abaixo:


*p/ grupos agendar com no minimo 1 semana de antecedência.

manhã: 9h, 10h ou 11h l tarde: 14h, 15h ou 16h

* Após envio do cadastro. Aguardar a confirmação da visita por email.